quarta-feira, 19 de julho de 2017

Consultora de beleza independente Mary Kay

               Na vida vamos descobrindo nossas habilidades ao longo do caminho. Aqui estou pensando nas tantas coisas que já fiz por desejar muito, muito realizar. E foram muitas. Nunca pensei em títulos como metas, mas em enfrentar desafios e me superar até conseguir alcançar meus objetivos. Nem sempre meus objetivos são claros, mas em parte sim. Quem sou eu? Estou me descobrindo vivendo, escrevendo. Mas uma coisa sei dizer agora: sou consultora de beleza independente Mary Kay, adoro.  O que eu faço? Tento vender produtos fazendo demostrações e falando sobre o meu trabalho. Todos os dias procuro uma forma de desenvolver o meu trabalho e ter bons resultados. Além da inibição tenho limites financeiros que me bloqueiam, por enquanto. Mas procuro sempre conhecer melhor os produtos e uma boa forma de trabalhar participando das reuniões de treinamento e de eventos. Já assisti muitos vídeos, li muito sobre a Empresa para conhecer mais e mais. Tudo é estudo para mim. Gosto de ter o bom conhecimento do que faço. Progredi bastante desde o meu início que foi quando me cadastrei, no final do mês de novembro/2016, um momento não muito propício para começar, porque o melhor seria no início de um mês, mas por querer tanto e logo, antes que o pensamento de "não posso, não posso" crescesse dentro de mim foi do jeito que foi, ainda levei um tempo para realizar meu primeiro pedido. E amei quando recebi a caixa dos produtos para finalmente começar "o meu negócio independente". Há pouco criei o meu site Mary Kay:  www.marykay.com.br/noemilfernandes, onde todas as pessoas interessadas podem acessar e conhecer sobre a empresa e os produtos. Hoje preciso parar por aqui. Em outro momento continuarei falando sobre este maravilhoso trabalho que é ser consultora de beleza Mary Kay. Não estou ainda do jeito que eu gostaria, mas busco meus caminhos, meu jeito de trabalhar e de me desenvolver. Este é um deles me apresentar da forma que eu mais sei me comunicar, escrevendo. Até outra hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário