segunda-feira, 5 de março de 2012

Entre vidros

No telefone te vejo
pelo  vidro da
parede
Teu sorriso congelado
esqueceu de desligar
distâncias me aproximam
em ondas de elevação
onde não posso chegar
entre vidros vou andando
ligando
desligando
Entre vidros vou andando

Nenhum comentário:

Postar um comentário