segunda-feira, 12 de novembro de 2012

A mensagem da máquina

"Era uma vez" já não era parte de seus dias.
Há tempos deixara de acreditar em contos de fadas e histórias fantásticas.
Em uma tarde de sábado, enquanto corria no parque da cidade, esbarrou com um fantasma
de seu passado. Uma grande história de amor
mal resolvida.
Um largo sorriso se abriu em seu rosto. Apesar da insegurança, sentiu-se bem como nunca
antes.
Sentiu medo. Congelou. Percebeu que desta vez precisaria fazer diferente ou tudo se
repetiria outra vez.

Este texto foi escolhido aleatoriamente "pela máquina". Era preciso digitar o nome, então surgia um texto a ser impresso na sacola. Uma amiga falou que o texto que "caiu pra ela" tinha tudo a ver com o que se passava na vida dela naquele momento. Também sinto assim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário